7 passos para uma vida financeira organizada

A falta de organização pode prejudicar sua vida financeira, tanto ou mais do que ter pouco dinheiro.

Por exemplo, sem organização você pode perder suas faturas e atrasar o pagamento, enquanto não manter o controle das movimentações na sua conta pode fazer com que você acabe pagando mais taxas ao banco.

Para te ajudar a evitar esses e outros problemas, abaixo separamos 7 dicas de como manter uma vida financeira organizada! Continue conosco e aprenda!

1. Revise seu orçamento pelo menos uma vez por mês

Que você deve fazer seu orçamento financeiro é fato. Mas você revisa ele de tempos em tempos? O ideal é que isso seja feito pelo menos uma vez a cada mês.

Isso porque suas contas podem mudar mensalmente. No mês de janeiro a conta de energia pode ser mais alta para quem usa muito ar-condicionado ou ventilador, e pode ser mais baixa em julho quando as temperaturas estão mais baixas.

Se você não revisar sua projeção de gastos regularmente, ela ficará muito longe da realidade.

Por isso, revise seu orçamento à medida que as contas chegam e ajuste outras despesas para compensar, para que você não exagere acidentalmente sua conta bancária.

2. Use um app para controlar a vida financeira

Os aplicativos de finanças pessoais podem ser uma mão na roda na hora de organizar a vida financeira. Você pode encontrar versões gratuitas ou pagas, dependendo das funcionalidades que precisa, para ajudá-lo a acompanhar suas despesas diárias e domésticas.

Dentro dos programas, você pode obter informações detalhadas sobre para onde seu dinheiro está realmente indo.

Ao escolher um app para controlar seu orçamento, verifique as funcionalidades que ele oferece, como categorização, comunicação direta com sua conta ou cartão de crédito e geração de gráficos e relatório de gastos.

3. Mantenha as contas em um só lugar

Mesmo que a maioria de suas contas chegue eletronicamente, você ainda precisa de um lugar para aquelas que chegam pelo correio.

Guarde-as em pastas diferentes por tipo de conta (água, luz, telefone, tv por assinatura etc.) e lembre-se de separar o que já foi pago do que ainda deve ser. É importante também manter sempre os comprovantes de pagamento, para algum caso de cobrança indevida.

Mesmo que você receba todas as suas contas digitalmente e faça o pagamento delas pelo internet banking, lembre-se de enviar o comprovante para seu e-mail. Crie uma pasta dentro da sua caixa de entrada para os comprovantes e contas, e deixe tudo mais organizado.

Caso você receba as faturas pelos correios, faça o pagamento online e queira se livrar da papelada, é importante rasgar os papéis antes de descartá-los para preservar sua privacidade.

4. Pague as contas no mesmo dia em que você as receber

Se você tem dinheiro disponível em sua conta bancária e não tem outras cobranças ou pagamento de contas que possam causar um cheque especial, pague suas contas assim que recebê-las.

Preste atenção extra às contas de papel que normalmente também chegam eletronicamente. Você não vai querer pagar uma conta duas vezes porque recebeu uma cópia por correio.

5. Tenha uma lista de verificação para contas que você está esperando

Nem o correio nem o e-mail é perfeito. Por isso, crie uma lista de verificação no início do mês com todas as contas que você está esperando e a data de vencimento de cada uma delas.

Mantenha sua lista em um lugar que você sempre veja, como na porta da geladeira, ou crie um arquivo no seu computador pessoal. Dessa forma, sempre que uma conta chegar, você pode anotar que a recebeu ou que já fez seu pagamento.

6. Consulte as pessoas com quem você compartilha contas

Seja seu cônjuge, seus filhos ou outra pessoa que compartilha das contas na sua casa, você pode facilmente perder o controle da sua vida financeira se não souber quantos eles, também, estão gastando.

Reúna todos uma vez por mês para repassar o orçamento. Peça ajuda deles para organizar as contas e marcar na sua lista de verificação quando elas chegarem.

Caso tenha filhos pequenos, isso será especialmente benéfico para o crescimento e a educação financeira deles.

7. Tenha duas contas bancárias — incluindo uma digital

Com certeza você já possui uma conta em um banco tradicional por onde, provavelmente, recebe seu salário. Mas, com os avanços da tecnologia, você pode acabar perdendo muitos benefícios em não ter também uma conta em um banco digital.

Os bancos digitais são aqueles que não possuem estrutura física, como agências e caixas eletrônicos próprios. Eles oferecem todos os seus serviços como o nome já diz, digitalmente, e podem trazer muitos benefícios à sua vida financeira.

Organizar a vida financeira pode não ser das tarefas mais divertidas, mas certamente trará muita economia para seu bolso no fim do mês!

 

E você, o que faz para organizar suas finanças? Conhece alguma dica diferente que não citamos? Comente abaixo e compartilhe conosco e com nossos demais leitores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *