Livre-se das dívidas: como sair do vermelho com o SD Bank

Infelizmente, as dívidas fazem parte da realidade de muitos brasileiros. No atual contexto de crise econômica, a situação se torna ainda mais complicada. De um lado, quem já estava inadimplente tem dificuldades para conseguir quitar o débito. Do outro, pessoas que costumavam pagar as contas em dia se encontram sem condições de cumprir com as suas obrigações financeiras. O cenário não é bom para ninguém, mas com algumas atitudes é possível tanto evitar o endividamento quanto livrar-se das dívidas. Neste post vamos explicar como sair do vermelho com o auxílio da plataforma SD Bank.

Segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), o percentual de famílias endividadas ou com contas atrasadas tem aumentado nos últimos meses. Na comparação anual com 2016, o indicador já representa um aumento de quase um ponto percentual na questão de endividamento e 1,5% em relação à inadimplência. O estudo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) também revelou um crescimento do número de famílias que se declaram “muito endividadas” no país.

E você sabe qual é o principal vilão das dívidas? De acordo com a Peic, 76,6% das dívidas estão ligadas ao cartão de crédito. Os juros do cartão, assim como os do cheque especial, acabam se tornando um pesadelo para quem está com problemas financeiros e gasta mais do que pode. Além disso, também estão na lista das causas de endividamento os empréstimos e o crédito consignado.

Saiba como sair do vermelho: 5 dicas para recuperar a saúde financeira

Se você está nessa situação, não tem jeito: está na hora de assumir a responsabilidade pelo débito, estudar as possibilidades de quitação e se organizar para que esse pagamento se concretize. Depois de negociar a dívida, é preciso se organizar e mudar hábitos para conseguir pagá-la. Além de se livrar das pendências, a mudança de atitude possibilita que você não contraia outras no futuro.

Em primeiro lugar, é necessário fazer uma avaliação da sua saúde financeira. Tomar consciência sobre a situação das suas finanças é o primeiro passo para sair das dívidas. O segundo é reavaliar os serviços bancários que você está utilizando e reassumir o comando sobre o dinheiro. Algumas empresas com soluções novas e mais baratas estão surgindo no mercado e podem ajudar você a superar esse desafio. Veja 5 dicas sobre como sair do vermelho!

1. Abandone os caros serviços dos bancos tradicionais

Os bancos tradicionais estão diretamente ligados às causas de endividamento dos brasileiros. A imensa maioria dos serviços financeiros oferecidos por eles representam um custo enorme para os usuários. Então, por que continuar utilizando um serviço que faz com que você perca dinheiro? Qual é o sentido de continuar pagando tarifas e taxas de juros altíssimas se hoje existem alternativas muito mais em conta?

Oferecendo soluções inovadoras, o SD Bank representa uma alternativa viável que permite a ruptura dessa relação equilibrada entre clientes e grandes bancos. Com os serviços da plataforma SD Bank, é possível gastar muito menos e se empoderar para assumir o comando da sua vida financeira.

2. Comece a controlar os seus gastos

Para sair do vermelho de vez e para sempre, é fundamental ter total controle das suas finanças. É necessário mapear todas as suas despesas e controlar os gastos. Muitas pessoas não conseguem fazer isso porque a tarefa parece extremamente difícil. Contudo, com a possibilidade de acompanhar a sua receita e os seus gastos em uma única plataforma digital no smartphone fica muito mais fácil, não é mesmo? Com o aplicativo SD Bank você recebe notificações informando as suas últimas compras e tem acesso a sua situação financeira de maneira bastante simples e visual.

3. Pare de usar o cartão de crédito

Como já mencionamos, o cartão de crédito é um verdadeiro vilão quando o assunto é dívidas. A dica, portanto, é evitar de todas as formas esse modo de pagamento. No entanto, é claro que você precisa ter a possibilidade de utilizar meios de pagamento a prazo. O SD Cheque é o principal serviço do SD Bank: ele é um cheque digital que permite parcelar suas compras sem taxas de juros ou taxas de administração.

4. Evite o cheque especial

Cair no cheque especial também não convém em função dos elevados juros. Se você não tem saldo suficiente na conta bancária e entrar no cheque especial vai ter que devolver o dinheiro depois com juros e encargos. Ou seja, melhor evitar!

Pensando em um serviço que não ofereça esse risco e que, ao contrário, ajude você a controlar os seus gastos, o SD Bank possui o SD Controle. É um cartão de crédito pré-pago e com ele você só gasta aquilo que pode.

5. Tenha um planejamento financeiro

planejamento financeiro é essencial para aprender como sair do vermelho e viver com tranquilidade depois de quitar as dívidas. Alguns serviços do SD Bank, como o SD Pagamentos e o SD Transferências permitem que você inclua e programe os pagamentos assim que receber os boletos de cobrança, por exemplo. Atitudes como essa ajudam muito na organização das finanças, que é um requisito para não se endividar.

Quer saber mais sobre como o SD Bank pode auxiliar no controle financeiro? Visite o nosso site e entre em contato com a nossa equipe!